Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Maria, a maior educadora da História

Maria, a maior educadora da História

Resumo do Livro   por:MVC39     Autor : Augusto Cury
ª
 

  Maria, a maior educadora da História

Autor Augusto Cury

Um livro pra quem é mulher mãe e educadora.
uma visão da Psicologia, Psiquiatria e Pedagogia sobre a mulher mas famosa e desconhecida da Historia.
Se educar é uma tarefa dificílima, imagine educar a criança mais instigante que pisou nesta terra, o menino Jesus. Porque não foi escolhido um grupo de intelectuais entre os fariseus ou especialistas em filosofia grega para formar o homem que dividiria a História?
Havia milhares d candidatos, mas uma jovem destacou-se diante do Autor da existência. Seu nome Maria. Ela Tornou-se a mulher mais famosa da História. A única exaltada em dois livros sagrados, A Bíblia e o Alcorão. Entretanto, sua personalidade continua sendo uma das mais desconhecidas.
O autor pergunta quem foi Maria? O que tinha de tão especial? E agora a Psicologia, Psiquiatria e Pedagogia avaliam suas personalidade em especial e os dez principios que ela utilizou na educação do menino Jesus, Não é uma análise nem católica nem protestante, mas investigação. O que surpreende e há nao religiosidade do livro e sim uma interasão entre a simples mulher pra grande Senhora Mãe do Filho de DEUS.
Descobriu-se que a inteligência de Maria era fascinante e sua capacidade de ensinar, era deslumbrante. Os principios utilizados pela mãe de Jesus são uma fonte de lucidez para a educação moderna.
Por que o DEUS Todo-Poderoso descrito na Bíblia não escolheu um grupo de notáveis intelectais entre os fariseus para educar seu Filho? Porque não incumbiu uma casta de sacerdotes judaicos, que conhecia os rituais religiosos, para educar o menino Jesus? Por que não escolheu especialistas em filosofia grega para formar o homem que seria o maior divisor da historia.

Mas sim uma adolescente foi escolhida. Não era rica, não pertencia a uma linhegem de alta classe e ainda por cima morava numa região socialmente desprezada, A Galiléia. Que segredos possuía essa jovem no tecido intrínseco da sua inteligência que conguistou aquele que se diz ser Onosciente, que conhecia todas as coisa entre a terra e o céu. Sua escolha foi ao acaso ou criteriosa?
A mais elogiada Mulher, e a mais desconhecida.
Dentro de suas limitações, o auto gastou um tempo, pra pesquisar dentro da psiquiatria, dentro da psicoterapeuta e dentro da psicologia, a estudar a personalidade de Maria mãe de Jesus. Em varios detalhes das reações relatadas nas biografias de jesus, os chamdos Evangelhos, em varias versões. Se procura não me ater aos textos sem credibilidade historica.
 Muitos cristãos não sabem que Maria é sitada no Alcorão, o texto sagrado do islamismo. Inúmeras pessoas exaltam Maria diariamente, mas não percebem que as áreas mas íntimas da sua personalidade permacem desconhecidas. Raramente alguém saiu da esfera religiosa e procurou investigar seu intelecto.
Os leitores devem ter em mente que não não foi ligado o aspecto teológico ligado a Maria, pois o autor evita esta em uma polêmica religiosa entre as religiões.O livro respeita o lado religioso das pessoas nem por um lado ele chega a tratar ou destrata alguma região.
Por isso do lado bonito desse relato. Vale apena ler e reler.

Publicado em: 03 janeiro, 2009   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.