Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Para a Minha Irmã

Para a Minha Irmã

Resumo do Livro   por:CeCiNha     Autor : Jodi Picoult
ª
 
Os nomes que considero mais relevantes nesta história são: Anna, Kate, Sara e Brian, e Campbell. Todos muito diferentes, que porém se encontram no mesmo local, á mesma hora, com o mesmo propósito .
Desde pequena, Anna sente que está na familia errada. É ruiva e cheia de sardas, enquanto os seus familiares são todos o oposto . Isto porque ela foi programada geneticamente. Os seus pais escolheram o seu sexo, tal como o posicionamento dos seus cromossomas, com o único objectivo de a fazer compatível á irmã mais velha, Kate.
Kate era ainda uma bebé quando lhe foi diagnosticado leucemia. Todo o sangue que lhe fosse dado, era insuficiente. Fraca e insegura, lida com a sua doença com as forças que tem. Para que pudesse sobreviver, foi necessária a concepção de uma irmã que lhe fosse completamente compatível .
Sara e Brian são casados, e os pais destas duas raparigas. Lidam com a doença de Kate, e mais tarde com a fraqueza de Anna.
 Já Campbell é a nossa personagem mistério. Aparece como que por magia, quando mais é preciso. Derrete o seu coração, e torna-se sensível perante a situação em que se vê envolvido.
Aos 13 anos de idade, Anna decide fazer uma petição contra os seus pais, com a intenção de obter direitos sobre o próprio corpo. Sentia-se só, abandonada, pois todas as atenções se centravam em Kate. Esta, devido á doença, exige muito de Anna. Orgãos, células, muito sangue ... Daí que ela não se sinta dona do próprio corpo. Cansada, decide mudar o seu futuro, e lutar.
E aí aparece Campbell, um advogado que decide salva-la. Anna, sem dinheiro nem apoio dos familiares, oferece-se para limpar as maçanetas das portas do escritório do advogado. Este fica derretido com a história de Anna,  e promete ajudá-la.
Depois de muitos problemas ultrapassados , Anna finalmente consegue o seu direito de ir a tribunal, com Campbell ao seu lado. Juntos , ganham o caso, e a decisão de ajudar a irmã passa para as mão da pequena rapariga.
Porém , no fim da audiência, Anna e Campbell sofrem um grave acidente de viação. Anna morre. Já no hospital (onde se encontrava Kate), é feita a pergunta: Querem que os orgãos da sua filha sejam doados? A resposta dada por Brian e Sara é simples: Sim, há uma rapariga no piso de cima que precisa deles urgentemente.

O livro acaba com uma pequena carta de Kate, muitos anos depois deste incidente, a explicar o quanto se sente grata pelo que a sua irmã fez. Anna cumpriu o seu propósito na vida , salvar Kate.
' Penso no seu rim a trabalhar dentro de mim, e no seu sangue a correr nas minhas veias. Eu levo-a comigo, para onde quer que vá.'
Publicado em: 17 dezembro, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    essa mensagem e bonita? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    OBRIGADA terça-feira, 3 de abril de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    No prólogo do livro (em que diz algo do género "na minha memória mais antiga estou a tentar matar a minha irmã"), não entendo se quem escreve isso é a Kate ou a Anna... Podem-me explicar? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 1. AquidabanNena

    Para a Minha Irmã

    Excelente resumo nos faz sentir vontade de ler a história toda. Parabéns. Achei interessante seu texto devido ser escrito no estilo de Portugal, como sou do Brasil...

    0 Classificação quinta-feira, 18 de dezembro de 2008
X

.