Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Como se faz uma tese.

Como se faz uma tese.

Resumo do Livro   por:RobsonMoura     Autor : Umberto Eco
ª
 
O Livro “Como se Faz uma Tese” é uma obra de Umberto Eco enquanto professor/pesquisador procura extrair, da composição textual técnica, as características deum texto técnico, após verificar as dificuldades das redações de seus alunos na sala de aula, ou a nutrir a argúcia da sua capacidade investigativa, daí surgiram suas sugestões que brotam de seu cotidiano como professor. Representa esse relato da experiência de um pesquisador traduzida, praticamente, para as fórmulas didáticas de um profissional e ducador como o é Umberto Eco.
No meio acadêmico é imposta a necessidade de conhecer e de como se provar uma tese, para isso o autor desenvolveu essa obra, nos relatado todo esse processo através de sua experiência, “das normas de um sistema onde a tese é uma imposição legal não permite ao autor menosprezar o ridículo de uma situação, característica da "universidade de massa", que transforma o aluno em pesquisador por obrigação para ascender profissionalmente; a esses a ironia "dos conselhos ilegais": a tese enco¬mendada ou, a fórmula mais prática, a cópia de uma tese feita alhures e que ainda não tenha sido publicada. Esse o risco que cerca a tese imposta pelo sistema italiano ao fim da licenciatura e como etapa obrigatória para todo aquele que pretende ingressar na vida profis¬sional. Essa a característica da "universidade de massa" que se opõe ã "universidade de elite", superada, feita para poucos, economicamente privilegiados e culturalmente eleitos pela onisciência de um professor "tutor" que se ocupava da formação dos génios do futuro. Destinados a ser génios deveriam ser necessariamente poucos, assim como os demais, destinados a ocupar qualquer posto profissional em um meio provinciano, poderiam ser muitos e apressados. Essas são as caracte¬rísticas da tese de licenciatura: uma imposição legal destinada a criar aquela pretensiosa dificuldade final para selecionar os futuros pro¬fissionais: a universidade de massa e seus deveres sociais”. A obra é apresentada de início conceituando o seria uma tese. Umberto Eco, 1977, p. 01. Conceitua assim:

Uma tese consiste num trabalho datilografado, com extensão média variando entre cem e quatrocentas laudas, onde o estudante aborda um problema relacionado com o ramo de estudos em que pretende formar-se. Segundo a lei italiana, ela é obrigatória. Após ter terminado todos os exames prescritos, o estudante apresenta a tese perante um banca examinadora, que ouve o comunicado do rela¬tor (o professor com quem "se faz" a tese) e do ou dos dois contra--relatores, os quais levantam algumas objeções ao candidato; nasce daí um debate que também envolve os demais membros da banca. Com base nas palavras dos dois relatores, que atestam a qualidade (ou os defeitos) do trabalho escrito, e na capacidade demonstrada pelo candidato ao sustentar as opiniões expressas por escrito, ela¬bora-se o veredicto da banca. Calculando ainda a média dos pontos obtidos nos exames, a comissão atribui uma nota à tese, que pode ir de um mínimo de 66 a um máximo de 110, com louvor. Tal é, ao menos, a regra seguida na quase totalidade das faculdades de ciências humanas.

O autor apresenta uma série de questionamentos como: A QUEM INTERESSA ESTE LIVRO? COMO UMA TESE PODE SERVIR TAMBÉM APÓS A FORMATURA? E nos dá quatro regras importantes antes de se fazer uma tese. Escolhido o tema por quem vai fazer a tese, quem vai desenvolvê-la. Umberto Eco, 1977, p.06, aconselha:

Nestes casos, as regras para a escolha do tema são quatro:

1)Que o tema responda aos interesses do candidato (ligado tanto ao tipo de exame quanto às suas leituras, sua atitude política, cultural ou religiosa).
2) Que as fontes de consulta sejam acessíveis, isto é. estejam ao alcance
material do candidato;
3) Que as fontes de consulta sejam manejáveis, ou seja, estejam ao
alcance cultural do candidato;
4) Que o quadro metodológico da pesquisa esteja ao alcance da expe¬
riência do candidato.

Ao se escolher um tema devemos observar sua complexidade, ou se dá margem a universalização. Devemos ser mais específicos caso contrário não se conseguirá abarcar a gama de informações que poderão surgir. Especificidade para ser compreendido, o texto tem que ser objetivo. A tese se apresenta de variadas formas e com variados contextos. Podem ser Monográficas, panorâmicas – para os mais experientes, Históricas – ou Tese Teórica. Cuidado com o tema se Antigo ou Contemporãneo, situar com precisão os autores contemporâneos é sempre mais complexo. Quanto a duração o autor sugere, 1977, p.14:

Digamo-lo desde já: não mais de três anos e não menos de seis meses. Não mais de três anos porque, se nesse prazo não se conse¬guiu circunscrever o tema e encontrar a documentação necessária, uma destas três coisas terá acontecido:
1) escolhemos a tese errada, superior às nossas forças;
2) somos do tipo incontentável, que deseja dizer tudo, e continua¬
mos a martelar a tese por vinte anos, ao passo que um estudioso
hábil deve ser capaz de ater-se a certos limites, embora modestos,
e dentro deles produzir algo de definitivo;
3) fomos vítimas da "neurose da tese": deixamo-la de lado, reto¬mamo-la, sentimo-nos irrealizados, entramos num estado de depres¬são, valemo-nos da tese como álibi para muitas covardias, não
nos formamos nunca.

Por certo, um estudioso mais maduro consegue escrever um ensaio em tempo menor: mas conta com uma retaguarda de anos e anos de leitura e conhecimentos, que o estudante precisa edi¬ficar do nada. É conhecedor da ABNT e domina no mínimo duas línguas para ampliar suas referências.

Publicado em: 25 junho, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    Quero falar do impacto social das ravinas como posso comessar Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    quero falar do impacto social das ravinas da minha provincia Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Quero falar sobre a psicologia de henri wallon na educaçao infantil,como devo começar. Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como se faz um tese sobre motivaçao no trabalho ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    quero paao a p pass de como escrer uma tese domingo, 22 de setembro de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    COMO DEVO COMEÇAR AINTRODUÇÃO Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como fazer uma tese sobre a industrializaçao do brasil... Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    resumo da tese analise comaprtiva do sistema de segurança social publico e privado Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como fazer o resumo da tese analise compartiva do sistema de segurança social publico e privado Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    como fazer o resumo da minha tese com o tema análise comparativa do sistema de segurança social publico e privado Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    estrutura de uma tese de licenciatura em sociologia Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.