Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Iracema - A lenda do Ceará

Iracema - A lenda do Ceará

Resumo do Livro   por:seacia     Autor : José de Alencar
ª
 
IRACEMA - AMÉRICA

Neste romance indiansta de José de Alencar, podemos enxergar os malefícios da colonização. Seria mesmo uma história de amor?
Onde está o amor presente neste livro? Martim amava Iracema? Amava a terra? Este tipo de amor faz bem? Se faz, por que então Iracema morreu de tristeza?
Bem, não pretendo responder a nenhuma destas perguntas, as fiz apenas para que eu mesmo pudesse refletir no porquê de ler tantos romances com histórias tão tristes.
Mas vamos nos posicionar em alguns dos personagem e seus significados:
Iracema: índia mais que bela, guardiã do segredo da Jurema, responsável por fazer a bebida dos deuses, virgem impossibilitada de se casar.
Martim: guerreiro branco, colonizador português.
Jandaia: pássaro que acompanhava Iracema, símbolo da cultura local.
Pajé: líder religioso, pai de Iracema.

Iracema é sempre comparada a natureza e sempre se sobressai a ela. Essa índia era muito importante para a vida cultural do local, sendo assim não poderia se entregar a qualquer um e correr o risco de ter tudo isso destruído. Ela agradava os deuses e os deuses por sua vez, protegiam tudo o que possuíam.
Martim, colonizador, explorava terras e as "tomava" para o seu país, pois é isso o que um colonizador faz. Assim, precisaria colonizar esta terra descoberta e sabemos que não se coloniza nada se não é você quem impõe as leis. Assim, a cultura do país colonizador deve ser imposta ao país colonizado, bem como sua língua e deve manter-se totalmente dependente de quem o colonizou.
Martim poderia ter tido muitas belas índias, mas desejou Iracema.
Iracema, via o visitante como uma bênção e o droga e se entrega a ele. Ao fazer isso, perde sua força perante os deuses e a cultura local é destruída.
Claro que Martim desejava Iracema, mas, ao possuí-la,  não estava em seu "juízo perfeito" fazendo tudo inconcientemente. Assim também os colonizadores, não tinham consciência do mal que estavam causando ao destruírem as florestas, apenas se preocupavam com o bem que lhes trazia a colonização.
Ao possuir Iracema, Martim destruiu a virgem, assim como os colonizadores destruíram as matas. Martim estava feliz com Iracema, mas esta não era sua terra de verdade, não era sua vida, e Iracema não era sua esposa. Ele volta para sua terra e não leva Iracema. Os colonizados não são bem vindos na terra que os controla.
Mas o fruto da colonização nasce e Iracema morre. Ao morrer Iracema a cultura (Jandaia) se cala e não fala (canta) mais. O filho não pode ouvir o cantar da Jandaia. O pai retorna e leva o filho com ele. Agora, o filho falará sua língua, terá seus costumes e não mais se importará com o que sua mãe foi ou com a importância que ela tinha, pois os mortos não transmitem ensinamentos a menos que o tenham deixado durante suas vidas.
José de Alencar demonstra um incrível senso de ecologia já naquela época. Seu amor a natureza é manifesto por representá-la poeticamente sem nada que possa macular sua beleza, ou seja, não há mosquitos, não há espinhos, não há falhas geológicas, tudo é perfeito... Assim como Iracema não tem espinhas, seus cabelos não são queimados pelo sol e nem maltratados pelas águas do mar. É alta, não possui a estatura do nordestino cearense. Está mais para uma índia norteamericana.
O amor aqui consumado, não via em frente, não só por seguir a característica romantica, mas também por não poder haver amor duradouro entre colonizador e colonizado.



Publicado em: 01 junho, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    iracema foi mesmo enterrada no pé de coqueiro ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    não segunda-feira, 18 de agosto de 2014
  1. Responda   Pergunta  :    iracema,foi mesmo enterrada no pe de um coqueiro? ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    VERDADE quinta-feira, 31 de outubro de 2013
  1. Responda  :    isso nao é verdade nao sexta-feira, 15 de março de 2013
  1. Responda   Pergunta  :    porque essa historia foi apresentada como lenda? ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    porque ninguem sabe se essa historia e real,por isso botam como lenda. quarta-feira, 2 de maio de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    a lenda de iracema è mito ou è verdade ( 4 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    SENDO OU NÃO VERDADEIRA MOSTRA A CULTURA DE UM PAIS SENDO COMANDADO quinta-feira, 31 de outubro de 2013
  1. Responda  :    é mito sexta-feira, 15 de março de 2013
  1. Responda  :    eu creio que seja verdadeira. quarta-feira, 2 de maio de 2012
  1. Responda  :    è mito quinta-feira, 26 de agosto de 2010
  1. Responda   Pergunta  :    iracema nunca existiu? ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    acho que ja,mas a muitos anos. quarta-feira, 2 de maio de 2012
  1. Responda  :    ja existiu quinta-feira, 26 de agosto de 2010
Traduzir Enviar Link Imprimir
  1. 3.

    agradecimentos

    obrigada pessoal,ajudou bastante no meu trabalho.joárica!!!

    0 Classificação quinta-feira, 8 de setembro de 2011
  2. 2.

    elogios

    adorei,mim ajudou bastante,pois estou organizando uma peça teatral baseada na obra.amei!!!!!

    0 Classificação quinta-feira, 8 de setembro de 2011
  3. 1. carool

    lenda

    nossa muito legal essa lenda peguei para levar pa escolaa

    1 Classificação segunda-feira, 15 de agosto de 2011
X

.