Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Linguagens não-verbais

Linguagens não-verbais

Resumo do Livro   por:Graciliano Ramos     Autor : Ensaio MALD
ª
 
O ser humano não pensa nem se comunica apenas por palavras, usa sim, uma infinidade de outros signos que dão sentido às imagens, sons, cheiros, gestos, símbolos, sinais de trânsito. Estarmos atentos às possibilidades de comunicação que as novas tecnologias nos oferecem, é fundamental, principalmente no que diz respeito ao processo ensino - aprendizagem. A informática desempenha hoje, um papel crucial em todas as ares de atividade humana, servindo como meio para busca,armazenamento,processamento e distribuição de informações. Novas tecnologias permitem romper, especialmente na escrita com o texto tradicional, (com início, meio e fim). O hipertexto é uma nova linguagem – home page, sites,chats, fóruns de discussão e e-mails – são exemplos de novos gêneros de linguagem oferecidos a um novo leitor. Hoje, não basta aprender a decifrar as letras de um alfabeto, para ler o texto. Todo e qualquer texto constituído de imagens é compreendido quase que universalmente, diferentemente dos textos verbais, dirigidos para a cultura e a linguagem específica de um determinado local. A interpretação do não-verbal de um texto é ver que essa camada do discurso também é carregada de significados, pois geralmente o verbal ancora o não-verbal e vice-versa. Verbal e não-verbal de complementam e, à medida que não se faz a leitura do não-verbal, muito do significado do texto se perde. O não-verbal cada vez mais, toma o espaço do verbal, não só no processo ensino-aprendizagem, como em todos os setores da comunicação humana. As novas formas de comunicação utilizam as imagens sem muitas vezes usarem as palavras, porque as palavras que tentam descrevem as imagens jamais conseguem esgotá-la por completo. Lévi, um dos papas da comunicação por meios tecnológicos, falando de Ciberespaço, assegura que: “ o pensamento é um produtor de imagens, de signos, de seres mentais sem o qual nenhuma opção nem qualquer liberdade seriam possível”(Ciberespaço,2000.p.208), diz ainda que o domínio do saber e do pensamento indicam uma nova ordem na escrita. O homem moderno foi condicionado a ler apenas o verbal como discurso, principalmente no ensino escolar, deixando o não-verbal como simples complemento, portanto há necessidade de uma reeducação em seu processo de socialização. Novas formas de expressão contribuem para uma nova linguagem e exigem que o cidadão desenvolva a capacidade de analisar, estabelecer relações, sintetizar e avaliar. A utilização de charges, estórias em quadrinhos, tiras e outros instrumentos que fazem parte do uso das linguagens não verbais são cada vez mais utilizados como instrumentos no processo de aprendizagem, pois estimulam a percepção e contribuem de maneira significativa no processo do ensino-aprendizagem. A leitura das imagens é uma necessidade no mundo moderno e nas modernas técnicas de comunicação humana, portanto indispensável na esfera da educação. A arte e toda forma de manifestação artística – pintura, escultura, música, teatro e a dança - são subsídios comunicativos que desenvolvem o raciocínio criativo e estimulam os sentidos e a imaginação. No momento em que se verifica uma revolução na vida e no trabalho do homem moderno, através do processo de automação, surge um novo tipo de sociedade, com novas exigências.
A educação passa a ter um papel importantíssimo nesse contexto. Segundo Reyzábal, o ensino e a aprendizagem através dos códigos plurais desenvolvem o conhecimento crítico e criativo, além de auxiliar a formação cultural e social. A fala, a escrita, os movimentos corporais, a arte como instrumento comunicativo, estão intimamente ligados à percepção, à ação, como expressão da cultura. A utilização de outras linguagens como a televisão, o cinema, o rádio e a informática, são instrumentos indispensáveis para a comunicação moderna. A música, por exemplo, abre infinitas janelas para a construção do conhecimento. A linguagem musical atinge a percepção humana de maneira mais profunda além de estar presente no cotidiano de todas as pessoas; como linguagem não verbal, a música atinge o terreno das emoções, da intuição e das capacidades não racionais. A música e a sua história são instrumentos poderosos de aprendizagem que despertam a criatividade e o prazer pelo conhecimento, pois através dos sons, ritmos, letras, as músicas sintetizam a nossa expressão cultural e despertam o gosto e o senso crítico. Mostrar as origens e as diversidades musicais é abrir caminho para melhor compreender a música e sua história que podem ser aliados ao despertar para o conhecimento mais prazeroso. Não podemos esquecer que vivemos num mundo dominado pela imagem, a televisão, o cinema, o vídeo e internet são realidades presentes no dia-a-dia do homem atual, através da imagem reconstrói-se um novo tipo de leitura do mundo e da realidade. Os modernos meios de comunicação estão impregnados de imagens a serem decodificadas, facilitando a compreensão e o conhecimento de forma mais imediata da realidade. “Nossa era prefere a imagem à coisa, a cópia ao original, a representação à realidade, a aparência ao ser.”(Casasus,1983,p.27). Há necessidade de se criar condições para o acesso a essas tecnologias porque elas representam múltiplas oportunidades de educação, maior inclusão social e desenvolvimento de novas habilidades ao indivíduo. Cabe à escola e ao profissional de educação, juntamente com o Poder Público e a sociedade, fazer do jovem um cidadão e um trabalhador mais flexível e adaptável às rápidas mudanças que a tecnologia vem impondo à vida moderna. A educação permanente é uma das formas de adequação e aperfeiçoamento necessários às novas exigências do mundo moderno.
Publicado em: 10 abril, 2006   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
  1. Responda   Pergunta  :    bibliografia Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    porque um texto tao grande..................................................... Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Exemplos de linguagem verbal e não verbal que ocorre simutâneamente? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    Exemplos de linguagens nao verbais ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    Como exemplos de linguagem não verbal temos: charges,placas de trânsito ,placas de "proibido fumar" e silêncio , etc sábado, 5 de maio de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    O QUE LINGUAGEM NAO VERBAL ( 2 Respostas ) Veja tudo
  1. Responda  :    nao sei sábado, 8 de dezembro de 2012
  1. Responda  :    Linguagem não verbal é a que se utiliza de códigos, placas para haver a comunicação-Onde não necessarimante , é usada a oralidade , a fala. sábado, 5 de maio de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    ME MOSTRE UM TEXTO NAO VERBAL ( 1 Responda ) Veja tudo
  1. Responda  :    http://www.gostodeler.com.br/images/543/silencio.jpg sábado, 5 de maio de 2012
  1. Responda   Pergunta  :    quais as formas de linguagem nao verbal? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    o que é verbal? Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    me de 20 exemplos e linguagem nao verbal Veja tudo
  1. Responda   Pergunta  :    oQ é não verbal????? Veja tudo
Traduzir Enviar Link Imprimir

Mais Resumos e Críticas por Graciliano Ramos

More
  1. 2. ana carolina

    liguagem não verbal

    parabens voces estão de parabens continui assim so que precisa ter imagens da linguaguem não verbal e precisa ter mais textos fora isso voces estao de parabens continui assim nao perda o pique!!!!!!!!!...

    0 Classificação sábado, 26 de maio de 2012
  2. 1. ANÔNIMO

    ERRO

    A utilização de charges, "estórias" em quadrinhos, ? :s

    0 Classificação quarta-feira, 8 de junho de 2011
X

.