Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de "O TRAQUINAS" E SEU MUNDO FANTÁSTICO

"O TRAQUINAS" E SEU MUNDO FANTÁSTICO

Resumo do Livro   por:Ramacheng     Autor : Martina Sanchez
ª
 
Ecologia, Folclore, Mitos, Lendas, aventuras e desventuras de TRAQUINAS, o sacizinho, mais o mundo como ele é: Mais maravilhas e menos mistérios. O tema não é novo. O enfoque é que é diferente... Logo após o Prefácio da autora, temos a participação dos sobrinhos da Tia Micaela com fatos e fenômenos fantásticos envolvendo personagens do nosso folclore. A lenda da “mula sem cabeça” leva os sobrinhos da Tia Micaela a “fabricar” uma! Em “Primeiras Aventuras”, começa a história do sacizinho. Como o nome diz é muito “TRAQUINA”. Os moradores da floresta são surpreendidos com a chegada dos homens e suas máquinas, derrubando árvores e montando um acampamento. O chefe dos sacis faz uma reunião. Todos estão preocupados com o que pode acontecer com a sua floresta. Traquinas, muito curioso, e outros sacis, resolvem visitar o acampamento para ver como é. As confusões começam quando Traquinas quer acender seu pito. Primeiro com um isqueiro que ele não sabe usar; depois com as “brasinhas” guardadas dentro da lâmpada elétrica. Levou um choque! Perdeu o barrete vermelho! E, saci que é saci, sem barrete não é ninguém... De confusão em confusão em busca do barrete vai fazendo descobertas no acampamento. Na Segunda Parte, Traquinas, que não gostou do acampamento, vai à casa de Pai João, preto velho que sempre tem fogo aceso, e brasinhas de verdade. Mas, Pai João mudou de hábitos. Que será que ele vai fazer na vila? Traquinas vai atrás. Escola? Aprender a ler e escrever! Ele também quer participar. Apronta na sala de aula, na vila, na igreja, assustando as pessoas. Sofre um acidente. É atropelado por um jipe. Invisível pega carona no jipe e sem querer volta ao acampamento. A saudade dos velhos amigos o faz ir ao encontro deles lá floresta. Havia uma reunião para discutir o que deveriam fazer para se proteger dos homens e de suas máquinas. Traquinas, sentindo-se importante contou tudo o que vira e lhe acontecera no acampamento, na vila, na escola.
.. Sem querer assustou todo mundo! Fugiram todos, só ficou Lala, uma bruxinha que havia cansado de fazer maldades e morava na cidade grande. Traquinas e Lala se tornam amigos. Os dois vão para a cidade grande de “vassotoca voadora”. Na Terceira Parte: “Viva a Civilização”, a caminho da cidade grande, Lala com sua experiência satisfaz a curiosidade de Traquinas, sobre eletricidade e as “brasinhas” das lâmpadas. Já na cidade grande, Lala o transforma em “cidadão” para ele poder acompanhá-la nas festas que ela tanto gosta. Quantas descobertas! Ele é transformado em passista de escola de samba, vai assistir jogo de futebol e se mete em confusão num circo. Trabalho? Dinheiro? Hora? Tempo? – para que servem? Saci não entende, nem precisa disso. Mas vai acompanhando a bruxinha, que muito satisfeita com o sucesso do novo amigo, faz planos. Até compra um carro e TRAQUINAS é o Motorista! Em “Traquinas em Apuros” o pequeno e irrequieto saci mais uma vez tem que admitir que os homens são gênios. Pudera! Ele entrou literalmente na máquina mais maluca que já vira: um aparelho de TV! Afinal os seres do Mundo Fantástico existem? Ditinho, garoto acostumado a passar a noite em seu esconderijo, resolve descobrir o desaparecimento da mula-sem-cabeça que haviam “criado” para assustar a turma da chácara. Surpresa! Sonho ou não as realidades fantásticas não precisam de autorização para existir. O espírito lúdico, a liberdade desfrutada pelos sobrinhos da Tia Micaela na chácara, é um alerta sobre a vida cada vez mais antinatural das grandes cidades. Nada como Sol, ar puro, liberdade e respeito pela vida!
Publicado em: 26 fevereiro, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.