Procurar
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Criar uma conta no Shvoong começando do zero

Já é um Membro? Entrar!
×

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

ou

Não é um membro? Registrar-se!
×

Registrar-se

Use sua conta no Facebook para registrar-se mais rápido

ou

Entrar

Entrar usando sua conta no Facebook

Shvoong Home>Livros>Resumo de Volições

Volições

Resumo do Livro   por:Beatriz Bajo     Autor : Yara Camillo
ª
 
Volição é o ato pelo qual se determina a vontade. Assim sendo, acabam por concretizarem-se as aspirações literárias de Yara Camillo em seu segundo livro que é recheado de boas histórias relacionadas com desenhos de alta expressividade, uma vez que, como especialista em cinema, a autora possui forte ligação com as imagens.

Num livro que abrange a fabulação de histórias das mais variadas temáticas, entre o onírico e a realidade, o folclórico e o globalizado, os contos passeiam, por exemplo, por São Paulo (“Hiatos” é um recorte dos tropeços juvenis em linguagem atual que abrange o universo adolescente) ou pelo interior da Bahia, em costura de um regionalismo apurado e um lirismo que vai além da precisão necessária à literatura.

O livro possui contos premiados como “Multiplicação dos Pães” (prêmio da Agenda Latino-Americana em 2003) e “Copidesque” (1º lugar no Concurso de Contos Brasileiros – Secretaria da Cultura de São Bernardo do Campo – SP, 1987).

Em “Multiplicação dos Pães”, a discussão centra-se sobre o discurso, em que as palavras são as principais personagens, flutuando no diálogo de Pedro e Paulo. O texto demonstra como se dão as promessas, os argumentos e o poder de mobilização que uma idéia pode provocar a ponto de ser comparado ao milagre da multiplicação dos alimentos. Nesse sentido, a arte tecida na narrativa transubstancia-se em alimento da alma.
Em “Copidesque”, Yara desescreve novamente os discursos, mas dessa vez, os elitizados e preconceituosos que encharcam os livros oferecidos ao consumo de massa que são fabricados em fôrmas arquetípicas de grandes heróis sem defeitos e vilões sem nenhum escrúpulo. Além disso, narra toda sorte de problemas do oficio de tradutor, através de um processo metalingüístico que vai desde a dissecação das histórias de tais livros até o artifício narrativo do conto.

Volições é um casamento de palavras e ilustrações. Na primeira parte, estas advêm dos contos; ao final, são os desenhos que inspiram ensaios poéticos. Jogos de narrar ao reflexo do papel em mágica aparição ficcional de boa qualidade, Yara acerta a tonalidade literária de sua obra às volições alheias de maior deleite.
Informações sobre a autora: CAMILLO, Yara Maria. Volições. [ilustração Wilson Neves]. São Paulo: Massao Ohno, 2007. Yara Camillo nasceu em São Paulo, Capital, a 7 de outubro de 1957. Formada em Comunicações pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP -, com especialização em Cinema.
Autora do livro de contos "Hiatos", publicado em 2004 por RG-Editores.
Colabora com vários sites de literatura e mantém o site www.pandorgailustrada.com.br contato com a autora: ymcamillo@uol.com.br
Publicado em: 10 janeiro, 2008   
Por favor, avalie : 1 2 3 4 5
Traduzir Enviar Link Imprimir
X

.